Um Sensei de karatê Japonês vs um Sensei de karatê não-Japonês 日本人の先生対外国人の先生 

Comparar um Sensei Japonês com um Sensei não-Japonês pode ser um assunto controverso. Na verdade, eu considero essa comparação sem sentido pois cada Sensei é diferente e suas qualificações variam muito. Na maioria dos casos, não importa onde eles nasceram.

Dito isso, tenho uma opinião pessoal para compartilhar com vocês.

Eu decidi escrever esse artigo porque tenho recebido algumas solicitações como essa por exemplo:

“Caro Sensei, preciso de sua ajuda. Eu vivo em xxx (um País Europeu, na maioria das vezes). Tenho procurado por um Dojô de karate mas não consigo encontrar um em que haja um Sensei Japonês. O que eu devo fazer?”

Primeiramente, devemos questionar se um Sensei Japonês é absolutamente necessário quando você inicia seu aprendizado no karatê. Eu posso dizer com segurança que isso não é necessário. Eu sei que há um sentimento natural pela busca de um Sensei Japonês por todos aqueles que querem iniciar seu treinamento de karatê.

Os japoneses são conhecidos por ter pouco domínio da língua inglesa. Não pos

 

so dizer isso sobre outras línguas como Espanhol, Alemão, Francês, etc. E minha afirmação aqui não se aplica a todo Sensei Japonês que vive fora do Japão. Digo isso apenas com base em minha experiência com Sensei japoneses que vivem nos EUA. Além disso, se um Sensei Japonês é sênior e tem muitos alunos, então você como iniciante provavelmente não receberá treinamento direto do Sensei. É provavél que você receba instrução de um instrutor assistente (não-Japonês) por muitos meses e possivelmente por alguns anos.

Se um Sensei Japonês sênior tem um Dojô na sua cidade,

você pode considerar iniciar lá. Do contrário, iniciar em um Dojô mais próximo não é um problema desde que você procure um instrutor qualificado. Eu não vou abordar aqui como saber se um instrutor é qualificado. Atualmente, nós temos a Internet para

nos auxiliar na busca por informações sobre as qualificações de uma pessoa e a organização à qual pertence.

Depois de ter conhecido muitos Sensei não-Japoneses, devo dizer que há muitos verdadeiramente qualificados. Só para constar, alguns são até melhores de que instrutores Japoneses que eu conheço.

 

 

Uma vez que você se torna um estudante de grau Nidan ou acima, deve procurar um instrutor Japonês sênior ou treinar algum tempo no Japão para evoluir ainda mais. Isso pode ser um assunto político e sensível uma vez que seu Sensei não-Japonês pode se sentir ofendido e talvez não concorde com a sua decisão. Você deve tomar essa decisão sozinho. Para a tomada de decisão, reflita sobre o que é melhor para o desenvolvimento do seu karatê.  Karatê é um pacote completo que não engloba apenas as técnicas, mas também acultura Japonesa e o ensino das artes marciais. Assim sendo, um instrutor Japonês sênior tende a ter uma melhor qualificação do que um Sensei não-Japonês. A questão da cultura em particular é, infelizmente, algo que falta no instrutor não-Japonês. E não é culpa dele, uma vez que ele nunca viveu no Japão.

Ao mesmo tempo, seja consciente sobre algumas desvantagens que você pode descobrir em ter um Sensei Japonês. Além da habilidade no idioma, tenho percebido muitos instrutores Japoneses bem políticos. Viajar para o Japão para treinar pode ser muito caro como você pode imaginar. Treinar lá por uma semana ou apenas por um final de semana com um Sensei Japonês Sênior pode ser benéfico e também divertido. Nesse estágio, é o indivíduo que tem a responsabilidade na decisão de qual a melhor direção deve ser tomada sobre sua jornada no karatê. Eu sei que meus conselhos podem não ajudar muito. Peço-lhe desculpas por isso, mas as condições nas quais cada um pratica o karatê varia muito, então é impossível dizer o que é melhor para cada um.

Meu último conselho para os praticantes sérios sobre seu treinamento de karatê. O mais importante Sensei é você mesmo. Se você é comprometido com a sua melhora contínua, mais da metade do seu desafio está sendo cumprido. O segundo Sensei mais importante é quem você vai seguir no seu treinamento diário. Quanto mais avançado for o Sensei (estou falando aqui de conhecimento, não de DANs), melhor a sua possibilidade de desenvolvimento. Lembre-se também de que o karate é um pacote completo que, além das habilidades do karatê, incluia a cultura e o ensino de artes marcias. Além disso você não deve esquecer que o caráter do instrutor é extremamente importante. Se ele não é o tipo de pessoa que você gostaria de imitar, então mesmo que ele seja um especialista em Karatê, ele não é o Sensei que você busca. Pense que o tipo de pessoa que você quer para ser seu Sensei deve ser um modelo que você sente orgulho em seguir.

Eu espero que você seja sortudo em ter encontrado esse Sensei. Ele ou ela não precisa ser japonês, mas deve ser alguém em quem você confia e sabe que pode seguir seus passos em sua vida diária. Se você não encontrou essa pessoa, espero que você seja determinado para procurá-lo (a) mesmo que essa busca dure anos.

No Japão nós temos dois ensinamentos antigos. Um ensinamento é 「三年勤め学ばんよりは、三年師を選ぶべし」, “Sannen tsutome manaban yoriha, sannen shi wo erabubeshi”. Ele diz que quem almeja se tornar um budoka, deve buscar incansavelmente um excelente Sensei mesmo que isso demore três anos. É preferível investir nessa busca do que treinar sozinho durante esse período.

O outro ensinamento é 「師は必要な時に現われる」, “Shi ha hitsuyona tokini arawareru”. Este é o meu ensinamento favorito. Ele diz que “Quando o aluno está pronto, o mestre aparece.” Isso não é maravilhoso? Eu acredito que esse ensinamento é verdadeiro. Posso dizer que ele aconteceu diversas vezes nos mais de cinquenta anos que dura a minha jornada nas artes marciais. Caso você não tenha encontrado um ótimo professor e está tendo dificuldades em achá-lo, tenha fé e não desanime. Tenho certeza que você irá encontrar um no futuro, mas você deve manter seus olhos abertos.

Mais uma vez eu digo que esse artigo é baseado em minhas crenças e opiniões pessoais. O que você acha? Deixe-me saber sua opinião e fale-me sobre seu Sensei.

(A tradução do ensaio original foi feita pelo Sr. Camacho.)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *